Nadar numa piscina exterior aquecida | Uma sugestão para aproveitarem o fim-de-semana prolongado (de Inverno?!)

Partilha a tua sensação
Dias de calor, braços ao léu, esplanadas cheias, flores a desabrochar por todo o lado e apetite por gelados bem fresquinhos. Têm sido estes os sinais claros de que a nova estação do ano já está a ocupar o seu espaço. Contudo, todos sabemos que a Primavera pode ser instável e caprichosa. Para provar isso mesmo, a Sô Dona Prima decidiu que precisamos de mais uns dias de Inverno, até para nos tirar a ideia de que já estava na altura de procurar as sandálias perdidas no fundo do armário.

Mas, atenção, não vale a pena ficarem deprimidos, nem voltarem a encafuarem-se dentro de casa. Principalmente quando está à porta um fim-de-semana (para muitos) prolongado. Talvez tenha solução perfeita para vos animar. O que acham de uma piscina ao ar livre que promete fazer-vos esquecer a diminuição da temperatura? E vocês dizem-me: Ana, estás tola, as temperaturas vão descer imenso, e vai nevar, e vai chover. Esqueçam lá isso. No Longroiva Hotel & Termal SPA, nada disso vai ter importância.





Na semana passada partilhei uma sugestão de passeio pela raia Portuguesa. Só ficou a faltar falar de uma das melhores experiências que vivi em Longroiva. Quem me conhece sabe como eu gosto de água, de nadar, principalmente ao ar livre. Um gosto que assume maior praticabilidade no Verão é certo. Mas calma lá que no Inverno também se arranjam experiências destas com muita pinta. Há uns tempos passeava pelo Instagram da Creative Strategist, Ana Cristina Fernandes (vejam o trabalho dela aqui) e fiquei apaixonada por uma foto de uma piscina aquecida ao ar livre, rodeada de uma paisagem maravilhosa. Durante muito tempo aquela imagem ficou a rodar em loop na minha cabeça e eu sabia que aquela piscina exterior aquecida era para mim. Na realidade foi esta mesma piscina que motivou que no início de Abril obrigasse a minha cara-metade a rumar à raia portuguesa.

 


Chegar ao Longroiva Hotel & Termal SPA, é regressar a um charme antigo, repleto de modernidade. Numa expressão diria que este é um local de: Bom gosto. Mais do que um hotel, é um local que procura proporcionar o máximo de conforto, um verdadeiro refúgio. Situado a 10 minutos do Património Mundial que é o Douro Superior, o Hotel abraça um espaço termal de excelência e abre portas através do antigo balneário termal de Longroiva. Nota-se logo a simbiose perfeita entre tradição e inovação. Os quartos são lindíssimos, cómodos, espaçosos e têm uma coisa que eu prezo acima de tudo: silêncio. As janelas luminosas, são à prova de qualquer som e proporcionam uma vista de pompa, mas sem qualquer incómodo acústico. Posso-vos dizer que as mais de oito horas dormidas neste abrigo, foram horas de qualidade. Já há muito tempo que não dormi tantas horas seguidas.
 

Apesar de ter ficado fascinada com o quarto, a piscina exterior é a grande atracção. Foram mais as pessoas que vi em roupão a passear pelos corredores, do que propriamente vestidas. O que me faz pensar que mais gente se deslocou a este hotel pelo mesmo motivo que eu. E, acreditem vale mesmo a pena. Estavam 10ºC no exterior quando me abeirei das águas “calientes” e apesar de algum receio de choque térmico, senti-me a entrar lentamente dentro de uma sopinha, de um grande calmante sensorial, de uma massagem relaxante, de um paraíso. Os 10ºC foram automaticamente esquecidos, o corpo entregou-se ao prazer de desfrutar daquelas águas maravilhosas e da paisagem vinhateira encantadora. Não é preciso muito mais para ser feliz, pois não? Se pudesse, e se o meu fim-de-semana fosse prolongado, podem crer, que já estaria a fazer as malas, (qual mala, só precisaria do meu fato-de-banho) e a rumar novamente para um mergulho quente e no exterior. Tal e qual como eu gosto. Portanto, aqui fica a solução perfeita para não se esconderem em casa, em mantas e aquecedores.





Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: