Bolo de Azeite e Mel da Beira Baixa

Uma partilha
Cada percurso começa com um pequeno passo. Esta é uma grande verdade. Contudo, não me lembro qual foi o primeiro passo que me tornou uma apaixonada por percursos pedestres. Lembro-me apenas que foi há imenso tempo. Se quando era mais pequena reclamava colo cada vez que me diziam “Vamos caminhar, vamos dar um passeio”, nos dias de hoje se me quiserem ver bem-disposta basta convidarem-me para colocar a mochila às costas e desafiarem-me a percorrer mundos. Adoro caminhar, adoro descobrir o meu país através destes percursos/rotas que de forma natural viajam pelos contos e tradições de tanta gente, pelas cores, cheiros e sabores deste país tão diverso e rico.






E são tantas as histórias que guardo no meu coração. Como por exemplo, aquela vez em que fui pastora por um dia. Ou que descobri uma toca de lobisomem. Ou aquela vez em que a ponte tinha sido levada pelas cheias e tive de atravessar o rio descalça em pleno inverno. Ou aquela vez em que tropecei num ninho de carraças e tive de me despedir em pleno percurso. De facto, existem recordações e vivências que valem mais do que muitos tesouros. No fim-de-semana passado, embrenhei-me na Serra da Estrela, mais propriamente na Rota da Caniça (Lapa dos Dinheiros). Um percurso um pouco acidentado, onde por acaso o grupo terminou a caminhada no meio de uma montaria ao javali, onde esteve sujeito a algumas pequenas quedas, mas onde respirámos muito ar puro e obteve os sorrisos genuínos dos habitantes da Lapa dos Dinheiros.


Espero um dia conseguir dar a volta a este meu belo Portugal a caminhar, despendendo mais tempo junto das gentes genuínas deste país, apreciando mais os seus hábitos, conhecendo com mais profundidade as suas tradições, histórias e vontades. Porque de facto, Portugal é um país rico. E nada melhor que ilustrar este post com uma receita típica, com história e que é confeccionada recorrendo aos dois mais preciosos ouros de Portugal: o mel e o azeite.





INGREDIENTES
200gr de farinha
1 colher de chá de fermento em pó (Royal)
1/2 colher de chá de canela (Margão)
8 ovos
200gr de açúcar
1 chávena de chá de mel (mal cheia) (Bynatura)
1 chávena de chá de azeite virgem extra (mal cheia) (Azeite Gallo)
Raspa da casca de meio limão


Peneiramos a farinha com fermento e a canela. Aquecemos o forno a 160.Cº. Batemos as gemas com açucar até obtermos uma mistura fofa e volumosa. Juntamos o mel, o azeite e a raspa de limão. Batemos bem. Por fim, adicionamos as claras, previamente batidas em castelo bem firmes, alternando com a farinha, o fermento e a canela. Deitamos o preparado na forma e levamos a cozer durante cerca de 40 minutos, ou até o bolo estar firme ao toque. Deixamos repousar cinco minutos antes de desenformar. Servir com frutos secos e mel.



Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

1 A partilhar sensações:

Blogadinha disse...

A crosta do bolo acusa bem a GENEROSIDADE dos ingredientes!!!
Gostei das broas de abóbora, mel... tentadoras. :)