Risotto de Cogumelos Shitake e Queijo da Ilha

2 sensações partilhadas
O frio instalou-se por completo. Os dias estão mais escuros e mais sérios. O sol é pálido e tende a desaparecer várias vezes. Não, não devemos ficar tristes com isso. Antes pelo contrário. Esta é a altura perfeita para que a comida de aconchego ou conforto se instale à mesa. E para mim, comida de conforto é ....bem....não sou esquesita. Podemos falar de uma belo assado de cabrito com batatas assadas, de um prato generoso de massa à lavrador ou até de um manjar de puré com rabo de boi estufado....já estou a salivar. Contudo, nos últimos tempos tenho tentado reduzir o consumo de carne. Por isso, a minha ideia de comida de conforto tem também sofrido algumas alterações. Alterações a nível de conteúdo, mas não de sabor. E claro, comida de aconchego tem efectivamente de aconhegar o estomago e a alma. Assim, desde que a carne tem sido abolida de algumas refeições, rendi-me completamente aos Risottos. O meu preferido é sem dúvida o Risotto de Cogumelos, principalmente de Cogumelos Shitake. Para mim basta um pratinho desta iguaria para sentir que o inverno se pode instalar por completo com as suas tempestades e previsações. A receita que partilho convosco incorpora um bocadinho da gastronomia portuguesa. Em vez de usar o habitual Queijo Parmesão, optei por um Queijo da Ilha. Garanto-vos que foi uma maravilhosa experiência. Sendo mais suave, o Queijo da Ilha não abafa o sabor dos cogumelos e depois de derretido torna-se mais cremoso.




Ingredientes
1,5l de água
1 cubo de caldo Knorr de Galinha
400gr de cogumelos Shitake frescos
1 cebola pequena
3 alhos
350gr de arroz para risotto
175ml de vinho branco
50gr de margarina
100gr de Queijo da Ilha ralado

Podem preparar um caldo caseiro, mas geralmente gosto muito de usar os Caldos da marca Knorr. Neste caso, começamos por levar a água a ferver com o caldo e com os cogumelos. Depois de estarem cozidos, retiramos os cogumelos para uma taça e reservamos, quer os cogumelos, quer o caldo. Num tacho levamos ao lume a margarina, a cebola e os alhos devidamente picados. Deixamos refogar. De seguida, juntamos o arroz e deixamos fritar durante dois minutos. Adicionamos o vinho e deixamos reduzir . Juntamos o caldo e os cogumelos. Deixamos cozer durante 20 minutos, mas vamos mexendo de vez em quando. O arroz deve ficar cozido e cremoso. Caso seja necessário devemos acrescentar um pouco de água. No final juntamos o queijo e envolvemos. Retiramos do lume.


Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

2 A partilhar sensações:

inês do crasto disse...

Risotto é mesmo comida de conforto, e este está com um aspecto super reconfortante :) Adoro risotto de cogumelos, mas com queijo da ilha ADORO AINDA MAIS! Quando vivia em Portugal era o meu queijo de eleição para o fazer, mas agora em Munique só quando venho de férias e trago um pedaço - mas faço sempre um risotto com ele! Boa receita :)
Beijinhos!
Inês

Ana disse...

Obrigada Inês. Já somos duas. Eu também adoro o Queijo da Ilha. Há alturas que tenho mesmo de me colocar um travão, senão uso este queijo em tudo e mais alguma coisa. Um beijinho grande.