Bolo de Maçã e Vinho Moscatel

Partilha a tua sensação
Outubro não foi um mês fácil. Apesar de adorar o Outono, tem sido difícil habituar-me aos dias mais curtos, a chegar a casa depois de horas de trabalho já com a noite instalada. Nunca me importei com isso. Na realidade, quando a minha vida se dividia entre estudar e fazer o que eu quisesse, adorava este horário de inverno. Adorava ouvir os professores lá longe, enquanto o meu olhar penetrava no entardecer outonal. Mas hoje em dia, uma vez que são tantas as responsabilidades e as vontades de embarcar em novos projectos, sinto que este horário é um pouco limitador. Serei só eu a sentir isto?



Contudo, apesar desta dificuldade, continuo a adorar o outono e sei que tenho de encarar com naturalidade estas mudanças que de vez enquanto se alojam nas rotinas, mas principalmente na alma.

Antes de os dias se tornarem cinzentos e pouco convidativos a piqueniques ao ar livre, juntei os meus pequenos e desafiei-os a um passeio por bosques de castanhas e aveleiras. "Encerrámos" assim o bom tempo, com boas recordações e sabores docinhos. Este Bolo de Maçã e Vinho Moscatel pode (e deve) ser degustado dentro de portas num serão que exija conforto de estômago e de alma.



Ingredientes
450gr de maçãs + 3 maçãs
350gr de farinha de trigo, peneirada
1 colher de sopa de fermento em pó
2 colheres de chá de canela em pó
200gr de manteiga à temperatura ambiente e cortada em cubos
150gr de açúcar mascavado claro ou açúcar amarelo-claro refinado
2 ovos grandes
100ml de letie
100ml de vinho moscatel

Aquecemos previamente o forno à temperatura de 180ºC. Descascamos e extraímos o caroço e cortamos as maçãs em pequenos pedaços de cerca de 1 cm. Juntamos os ovos, a manteiga e o açúcar e batemos até obter uma mistura fofa. Adicionamos a farinha, o fermento, a canela, o leite e o vinho moscatel, incorporamos bem. Adicionamos as maçãs cortadas e misturamos bem com uma grande colher de metal. Deitamos colheradas desta massa na forma já preparada e espalhamos uniformemente com uma espátula. Para guarnecer, cortamos as três maçãs em quartos. Não devem ser descascadas, mas há que extrair o caroço e cortá-las em semicírculos finos. Dispomos essas fatais fininhas de maçã por cima do bolo. Levamos ao forno durante uma hora, ou até massa ter crescido e alourado.


Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: