Bolinhas de Atum

2 sensações partilhadas
As árvores que me acompanham entre o percurso casa - trabalho agitam-se constantemente sem descanso algum. Seja livremente, aproveitando a brisa mais forte, seja por obrigação devido à oscilação provocada pela intensa circulação automóvel. As árvores da minha rua são a casa de centenas de aves, que chilreiam e esvoaçam loucamente quando a noite insiste em cair sobre a cidade. As árvores que ladeiam o passeio que sigo todos os dias embalam as conversas dos comerciantes que serenam as horas mortas debaixo das sombras frescas. Depois de dois anos a viver na cidade, só na semana passada estas minhas árvores citadinas me entraram olhos a dentro, em direcção à alma. Na semana passada, os meus cinco minutos de caminhada energética entre casa – trabalho – casa transformaram-se em mais de 20 minutos pesarosos e dolorosos, mas também de contemplação. Às vezes é preciso ter estofo para transformar uma contrariedade em algo positivo. E eu confesso que não tenho essa maturidade. Ou pelo menos ainda não a atingi. Mas fico contente por pelo menos, entre um momento de irritação ou outro, ter tido o discernimento de dedicar o meu contratempo a conhecer as árvores da minha rua. São Lindas. E eu sou uma sortuda. Quando a vida nos obriga a abrandar, ganhamos imensidão.


Estava a trabalhar num post sobre piqueniques (locais, conselhos, etc) quando as costas me falharam. Acho que esse post vai ter de ficar para outra altura, quando estiver a 100 por cento. Mas antes que o Outono chegue (sim, eu sei sou uma exagerada), tinha mesmo de partilhar esta receita simples (mais simples era impossível) e óptima para piqueniques em dias de calor.





Ingredientes
1 lata de atum
1 cebola
Salsa (a gosto)
1 ovo (mais outro para panar as bolinhas)
3 colheres de sopa de pão ralado (mais algum para panar as bolinhas)

Picamos a cebola e a salsa num robot de cozinha. Juntamos o atum, a cebola, o ovo, e o pão ralado e procuramos obter uma massa consistente o suficiente para moldar pequenas bolinhas. Caso a mistura esteja muito liquida adiccionamos um pouco mais de pão ralado. Panamos as bolinhas de atum em ovo e pão ralado e fritamos até ficarem douradas.



Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

2 A partilhar sensações:

Sara S Ramos R disse...

As bolinhas estão maravilhosas.
Os nossos olhos são como um espelho... beijinho. Espero que o post dos picnics venha depressa. Será bom sinal.
No Conforto da Minha Cozinha

Ana disse...

Obrigada Sara, muito obrigada mesmo pelo comentário. Eu também espero conseguir redigir o post dentro em breve :) Um beijinho