Gelado de Cereja, Coco e Chocolate Negro

2 sensações partilhadas
Quando as tardes quentes de Verão se abatiam sob a casa dos avós, eu era obrigada a abandonar o meu refúgio de eleição, o terraço, ou talvez possa dizer a eira construida em altura. Eu fugia das temperaturas elevadas e cedia o meu lugar ao milho e a alguns legumes, que necessitavam de longa exposição para se tornarem comestíveis. Quando as tardes quentes de Verão se abatiam sob a casa dos avós, eles dormiam a sesta, retemperavam as forças gastas nas rotinas rurais. Já eu carregava o semblante com uma birra alérgica a dormidelas durante a tarde. Quando as tardes quentes de Verão se abatiam sob a casa dos avós, e o terraço acumulava todo o bafo do mundo, eu era obrigada a procurar asilo noutras paragens,  mais frescas.

Encetando o meu fluxo migratório por entre as árvores do pomar, o meu plano B encarregava-se de eleger sempre a imponente cerejeira,  com as suas ramagens gigantes, que tocavam o azul celeste limpido. Lembro-me que a agilidade, dessas tardes estivais, assumia a postura de felino e içava o corpo para o mais alto que os braços conseguissem alcançar. Mesmo com alguns precalços, ramos quebrados e rasgões nas pernas, a cerejeira embalava-me suavamente, num movimento sibilado pelo vento anemo próprio das tardes quentes de Verão.


Ingredientes
50 gr de cerejas caramelizadas
400ml de natas
400ml de leite de coco
50gr de lascas de chocolate negro
6 colheres de sopa de açúcar
10 colheres de compota de cereja
Raspas de chocolate negro

Cerejas Caramelizadas
Lavamos e retiramos os caroços às cerejas. Colocamos as cerejas num tacho com três colheres de açúcar e sumo de meio limão. Levamos ao lume durante cinco minutos até que as cerejas apresentem uma textura de caramelo. Reservamos. Atenção, as cerejas só devem ser adicionadas ao gelado depois de estarem completamente frias.

Gelado
Batemos as natas juntamente com quatro colheres de sopa de açúcar branco, até estas ficarem bem firmes. As natas devem ser colocadas a refrigerar antes de serem batidas. Fazemos o mesmo processo com o leite de coco, juntamente com duas colheres de sopa açúcar branco. Juntamos as natas, o leite de coco e as colheres de compota de cereja. Cá por casa não temos máquina de gelados, portanto, utilizamos mesmo o congelador. Deitamos a mistura num recipiente que possa ir ao congelador. De 30 em 30 minuts, durante duas horas, batemos o gelado para prevenir a formação de cristais de gelo. Após as duas horas, colocamos por cima do gelado as cerejas caramelizadas e a raspa de chocolate. Vai novamente ao congelador. Devemos retirar 10 minutos antes de servir.







Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

2 A partilhar sensações:

inês do crasto disse...

Em casa dos meus pais eram ameixoeiras que subíamos, na casa dos meus avós era ficar por baixo do entrançado de kiwis. Bom gelado, uma óptima escolha de sabores :)
Boa semana!

Ana disse...

Obrigada Inês. Desejo igualmente uma boa semana. É tão bom possuir memórias de infância docinhas. Beijinhos