Alma limpa e coração cheio

Partilha a tua sensação
Regressar a Dezembro é regressar ao que ele simboliza, uma espécie de viagem ao passado em que regresso a tudo, a cada dia do ano que passou, a cada aventura vivida, às pessoas novas que se cruzaram no meu caminho, aos desafios ultrapassados. Dezembro é na realidade uma daquelas aulas antes dos testes em que revejo toda a matéria para que nada fique esquecido. 2013 trouxe-me um sem número de novidades, de mudanças, de desafios e estreias pessoais. Trouxe-me um novo emprego, depois trouxe-me um outro, trouxe-me uma nova casa, trouxe-me saudade, trouxe-me ausência, aumentou um amor verdadeiro e apaixonante, presenteou-me com momentos de carinho que acalmaram qualquer tempestade. O ano foi uma verdadeira montanha russa, que oscilou entre tristezas a alegrias euforicas, devido a tanta mudança. Mas no fundo, as experiências, os afectos de quem me é mais querido superam e superaram tudo. A vontade de crescer manteve-se, mas acima de tudo nesta busca incessante de novos patamares, orgulho-me dos valores que me continuam a abraçar e que encabeçam a minha viagem. Dezembro é o meu mês, mês de Natal, mês de eleição. Porque nem só de balanços vive este meu mês. Alimenta-se dos risos, das palavras amigas, de diversas festas da familia, do aconchego familiar. Em Dezembro, regresso ao passado, para rapidamente retomar o meu futuro, de alma limpa e coração cheio.









Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: