Uma tempestade e uma tarde bem aproveitada

Partilha a tua sensação
Se alguém me dissesse que depois de uma manhã que oscilou entre o lusco-fusco do nevoeiro e  um sol intenso, uma tempestade descomunal, mostrando toda a ira dos Deuses se abateria sobre a terra, confesso que não acreditaria. Mas para que a tarde, sem electricidade e com o incómodo dos soantes trovões, não se esfumasse numa inutilidade estéril, eu e mais pequenina (que tremia que nem varas verdes) preparámos as lembranças da Páscoa para a família, para os amigos. Adoramos mimar as pessoas que nos são queridas. E só o facto de pensarmos nos futuros sorrisos dos mais traquinas ao receberem os miminhos,  esquecêssemos por completo a tempestade.


(Desculpem-me o aparte, mas agora que penso nisso......acho que os dentistas devem adorar as festas religiosas que metem ao barulho muitos doces.)




Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: