Traduzir ou não traduzir | Translate or not Translate

Partilha a tua sensação
Comecei a traduzir as mensagens do blog para a língua inglesa, quando me apercebi pelas estatísticas do Blogger que este meu Reservatório de Sensações estaria a receber visitas dos Estados Unidos da América, Japão e França. Não sei até que ponto estas estatísticas são de fiar e, na verdade, nem ligo muito a estatísticas. Contudo, pensei: porque não tornar este blog mais acessível? O problema é que o meu inglês é péssimo e o tempo também não é muito. Desculpem se nem sempre actualizo o blog nas duas línguas e pelos erros cometidos em inglês. Estou a aprender para melhorar com a ajuda do meu fantástico namorado (um brilhante tradutor). Ele lá me vai tentando corrigir, mas a verdade é que grande parte dos textos só é corrigida depois de publicados. Pode ser que com a prática, a coisa se resolva.

I began translating the posts of this blog into English when I realized that blogger statistics were pointing out that Reservatório de Sensações was receiving visits from US, Japan and France. I don’t know if these statistics are correct, and in fact I don’t care about numbers. However, I thought: Why not make this blog more accessible? Well, the problem is that my English sucks and unfortunately I don’t have the time to think about a good translation. So, sorry if this blog is not always updated in two languages, and sorry for my mistakes. I’m learning to be better. In fact, I’ve been getting help from my boyfriend (a brilliant translator). He is trying to correct my posts, but he usually only corrects my texts after they’ve already been published. Maybe with practice, I can work this out.
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: