Ausência

Partilha a tua sensação
Penso em ti, mas não exactamente em ti. Evoco um ser abstracto, no qual procuro um lugar onde possa adormecer. Penso em ti, embutido em concepções demasiadamente ilógicas. Não quero pensar em ti, quando a ausência desvanece o calmo pulsar de tempestade que não existe em ti.
Não quero pensar em ti
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: