Bolinhos de Curcuma

Partilha a tua sensação
Ultimamente é certo e sabido que mal chega o Outono o meu corpo se ressente e apanho uma bela e incomodativa gripe. Uns dizem-me que se trata de ter as defesas em baixo. Outros dizem que é do trabalho em excesso. Outros dizem-me que poderá estar relacionado com a má alimentação que muitas vezes pratico. E ainda há quem me chame a atenção para o perigo dos quentes mas traiçoeiros últimos raios de sol do início de outono. Se tivesse que me por a adivinhar diria que não existe uma razão isolada. Se calhar todas estas situações contribuem para que no início desta estação o meu corpo se sinta fragilizado.

Este ano, numa feira do mel em que estive presente, aconselharam-me a tomar todos os dias uma colher de chá de pólen de abelha. Ao início estranhei o sabor, mas agora todos os dias o meu chá matinal se reveste deste precioso alimento super nutritivo, que contém benefícios ao nível da defesa do sistema imunológico.




Também me aconselharam o uso de curcuma (ou açafrão da terra), é uma planta da família do gengibre, que possui importantes propriedades antivirais. Embora já tivesse feito alguma pesquisa sobre esta raiz, a verdade é que não costumo dar-lhe grande uso. A não ser em algumas receitas de bolos (como esta que hoje partilho), mas nada confeccionado a pensar na saúde.

Uma coisa é certa, estar doente, seja por causa de uma maleita mais ou menos grave, causa aborrecimento e impede-nos de levar uma vida profissional e pessoal normal. Ás vezes basta mudarmos pequenos pormenores nos nossos hábitos diários para atingirmos outro patamar de qualidade de vida. Espero dentro em breve partilhar receitas preventivas baseadas em mezinhas e em ingredientes naturais. Mas para já aqui fica a receita destes bolinhos secos, que combinam com um chá quentinho, uma manta nas pernas e um bom filme.





Ingredientes
30gr de curcuma fresca
175gr de farinha de trigo
140gr de açúcar mascavado
100ml de óleo de girassol
3 ovos (de preferência tamanho L)
1 colher de fermento m pó

Aquecemos previamente o forno à temperatura de 180ºC. Ficamos finamente a curcuma fresca e reservamos. Numa tigela grande colocamos os ovos, o óleo de girassol e o açúcar. Batemos bem até obtermos uma massa fofa e esbranquiçada. Peneiramos a farinha e o fermento em pó para dentro da mesma tigela. Batemos novamente até a farinha ficar bem incorporada. Distribuímos a massa pelas forminhas, previamente untadas. Levamos ao forno durante 15 a 20 minutos ou até a massa ter crescido e dourado. Esperamos que arrefeçam para os desenformarmos.


Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: