Roupa Cheirosa

Partilha a tua sensação

Com a chegada do Outono e do frio que o acompanha, chega também a tradicional dança de roupas. Ou melhor, vai-se à arca funda recuperar as vestimentas mais quentinhas e arrumam-se os trapinhos mini(malistas) de Verão. É uma tarefa que me deixa muito satisfeita, como se fizesse parte do equilíbrio que é o decorrer do ano, da vida, estação após estação. No entanto, este ano a dança de roupas (como eu lhe costumo chamar) não tem corrido bem e tudo por causa da preguiça. Resumindo, em Abril não estava muito virada para arrumações e acabei por atirar toda a roupa de Inverno para um armário sem me preocupar com a sua correcta conservação. Claro, que agora quando chegou a altura de reaver o vestuário, este estava todo enrodilhado e a cheirar a mofo, o que me obrigou a lavar todas as peças e a passá-las a ferro. Uma tarefa que não me agradou nem um bocadinho. Para evitar que tal aconteça novamente, tive um cuidado especial. Para além de arrumar tudo como mandam os manuais, também aconcheguei a roupa com saquinhos de alfazema. Um produto totalmente caseiro, desde a produção da alfazema, até à confecção dos saquinhos. Tenho a certeza que, no próximo ano, a minha roupa estará imaculada e sem qualquer vestígio de traças. Talvez estes saquinhos constituam também uma boa opção para oferecer no Natal.

































Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: