Porquê

Partilha a tua sensação
Ontem, quase perdi um dos meus olhares, aquele que escondo comodamente por detrás da objectiva da máquina fotográfica, aproveitando para imortalizar acontecimentos mais ou menos relevantes. Durante umas horas não soube do paradeiro do meu único tesouro material. O raio da máquina andou, por uns momentos, perdida na bagunça desordeira que é o meu dia-a-dia. Não dormi, não comi….e continuo a não entender o porquê desta minha paixão pela fotografia. Sou péssima fotógrafa e costumo cortar, nas imagens, a cabeça às pessoas, utilizando enquadramentos foleiros e dispensáveis. Porquê continuar a fotografar?
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: