Run away

Partilha a tua sensação
Ilhas gregas ou Japão? É só trocar de casa
07.06.2008, Natália Faria (PÚBLICO)
Sem hotéis, sem agências e sem pacotes. Só é preciso pensar num destino e confirmar que nesse sítio há alguém disposto a deixar um estranho instalar-se lá em casa durante as férias. Alguém, claro, que queira conhecer Portugal no mesmo regime e que se prepare para vir passar uns dias na habitação de um desconhecido. A troca de casas vai ganhando adeptos. Falam de "experiências fantásticas". Em Budapeste, em Nova Iorque... Se a troca é simultânea, as pessoas não chegam a conhecer-se. Noutros casos até conseguem ficar amigas
Pode Visualizar a reportagem aqui
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: