Os pormenores de Pepetela

Partilha a tua sensação
"Dou importância às primeiras frases
(...)
Nunca vai terminar. Essa angústia acho que existe sempre.
(...)
Começou a haver pressão. Diziam que a história estava gira e não sei o quê, mas até hoje não estou convencido.
(...)
"Tenho sempre 3 ou 4 trabalhos. Ás vezes pego num, brinco com outro. Até ao dia em que há uma frase, uma personagem, qualquer coisa que me agarra e começo"
(...)
Pepetela em entrevista ao Diário de Notícias - 11 de Março, de 2008
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: