Desafio

Uma partilha
“O livro mais próximo pagina 161!
1.Pegue no livro mais próximo, com mais de 161 páginas – implica aleatoriedade, não tente escolher o livro;
2. Abra o livro na página 161;
3. Na referida página procurar a
5.ª frase completa;
4. Transcreva na íntegra para o seu blogue a frase encontrada;
5. Aumentar, de forma exponencial, a improdutividade, fazendo passar o desafio a mais 5 bloggers à escolha.”
~


Este foi o desafio que a Ângela Mendes (que tanto me tem ajudado a descobrir novos sons, novas leituras e novas culturas) me lançou através do seu blogue www.ocheirodaterramolhada.blogspot.com

Depois de ter visualizado o filme "As horas", decidi conhecer a fundo Clarissa Dalloway.

"Naquela tarde, enquanto visitava os filhos, todos eles em Eton e com papeira, sentira-se velha, velha e cansada, dizíamos, para lhe ser franca como fora Clarissa capaz de uma coisa daquelas?" ("Mrs. Dalloway", de Virginia Woolf)

O mundo de Clarissa Dalloway é denso,tal como é o tema do feminismo ou mesmo da insanidade mental. Através da descrição de um dia ("Mrs Dalloway said she would buy the flowers herself"), V.W. explora uma narrativa longa, carregada de memórias que caracterizam as personagens e a sociedade pós-guerra de Inglaterra.

Comecei a ler o livro há cerca de dois meses, já devia ter terminado a leitura, mas as adjectivações ricas de V.W merecem ser lidas vezes sem conta.
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

1 A partilhar sensações:

A.M. disse...

Adorei esse livro! È um dos responsáveis pela minha admiração por Virginia Wolf.
Bjs*