Postais de Verão (Part IV) | Summer Postcards (Part IV)

Partilha a tua sensação


















































Se eu fosse um garboso pirata, por volta do século XVI, e se tivesse que escolher um sítio para atracar o meu majestoso barco e esconder o meu cobiçado tesouro, de certeza que a escolha teria recaído sobre a Lapa das Pombas. Um portinho de pesca, na freguesia de Longueira/Almograve (Odemira), enclausurado por falésias escarpadas e imponentes. Um sitio que conheci este Verão e que transportou o meu espírito para as histórias de “afundadores”, piratas e faroleiros que eu li quando era mais pequena. Se hoje em dia há placas a indicar o local, e este até já se tornou uma atracção turística, como é que as pessoas locais começaram a utilizar aquele sítio como enseada importante para o desenvolvimento piscatório da região? O local encontra-se num ermo, longe de qualquer povoação, é preciso atravessar um longo caminho de terra batida e aventurarmo-nos por uma descida acentuada e estreita para dar com aquele lugar cinematográfico. Terá sido refúgio de piratas e malfeitores dos mares? Quero acreditar que sim. Piratas que terão sem dúvida sido combatidos por um faroleiro honesto, que, ao longo dos anos, guiou todos os bons marinheiros até porto seguro, com fogueiras improvisadas ao longo das fatais falésias, tendo mais tarde criado o magnificente farol do cabo Sardão. Ou não! O que importa é ter imaginação.



If I were a pirate, in the sixteenth century, and I had to pick a place to dock my boat and to hide my treasure, I’m pretty sure that I had chosen Lapa das Pombas. A fishing harbour, in Longueira/Amograve, enclosed by steep and towering cliffs. A place that I met this summer and automatically moved my spirit to the stories of “sink”, pirates and lighthouse keepers that I read when I was young. If today there are signs indicating the place, and this became a tourist attraction, my question is: how local people began to use it as an important harbour to development the fishing in that region? This place is located in wilderness, far from any village. We must cross over a dirt road and ventures out for a sharp fall to get into it. Maybe this port has being used over the years by pirates and other bad guys. I like to believe that.
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: