Tempo de piqueniques

Partilha a tua sensação
Confesso que não sou grande apreciadora do calor extremo com que o verão nos brinda todos os anos. Sem dúvida que prefiro os dias incertos de Primavera, com manhãs nebulosas e tardes soalheiras. Sinto que há uma espécie de equilíbrio nas meias estações, pois dão resposta aos diversos gostos em termos de temperatura. Mas, como diz a Avó Maria, cada macaco no seu galho, que é como quem diz, cada coisa no seu devido lugar. Não há como fugir à canícula, apenas podemos encontrar formas de evasão. Uma delas e a que mais aprecio são os piqueniques. Quando os compartimentos da casa parecem resistências de um aquecedor avariado nada melhor que por a mesa no pátio, no jardim ou no passeio e almoçar ou jantar ao som dos pássaros e das cigarras. Melhor ainda é pegar no cesto de almoço e aproveitar os esplendorosos espaços verdes que existem em Portugal, geralmente espaços que são trespassados por riachos ou pequenos rios que tornam tudo ainda mais fresco.


Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: