Sorriso Amarelo

Partilha a tua sensação
“O telefone despertou-me numa fria manhã de Junho. Sentei-me na cama. A luz, lá fora, inerte e alheia, morria numa lenta gradação de cinzentos. Era triste como uma fotografia antiga.”
José Eduardo Agualusa
(Não era Junho...mas a tristeza aproxiva-se, alegremente a sorrir num retrato colectivo repleto de solidão.)
Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: